Fale conosco via MSN! Clique no botão ao lado!

Jiu-Jitsu

A história

O que é? O Jiu Jitsu, que significa arte suave, é considerado a mais antiga das artes marciais. Ele se originou na Índia (embora haja uma controvérsia sobre seu nascimento na China) em 2000 A.C.

História: A arte suave, segundo a maioria das fontes, nasceu na Índia, oriundo dos mosteiros hindus da Idade Média, onde fora concebido como uma forma de autodefesa que pudesse defender, neutralizar, e subjugar seus oponentes sem causar danos físicos aos adversários.

Desta maneira a arte não entraria em conflito com os rígidos dogmas religiosos dos monges budistas.

Ao imigrar para o Japão, o Jiu-Jitsu encontrou ali seu habitat, transformando-se no esporte nacional por excelência. Os primeiros campeões de lá vieram e as técnicas de luta eram aplicadas pelos soldados e pelo povo na defesa da pátria.

No final do século 19 e início do século 20 era considerado "crime de lesa a Pátria " o ensino de Jiu-Jitsu a estrangeiros.

O Jiu-Jitsu e os Gracie

Mitsuyo Maeda, o "Conde Koma", nasceu em Fumugawa, província de Hirozaki, no Japão em 1880. O introdutor do Jiu-Jitsu no Brasil começou a vida nas artes marciais praticando sumô, contudo, devido à sua compleição física (1,60m e 70kg), optou por outra modalidade.

Foi a partir daí que entrou para o Kodokan, atual Centro Mundial de Judô, que na época unificava os vários estilos de Jiu-Jitsu.

Maeda conseguiu destaque no Jiu-Jitsu e obteve valorosas vitórias, ficando conhecido no Japão como "O homem das mil lutas".

Devido a sua habilidade e técnica, Maeda fora solicitado a acompanhar Jigoro Kano, Tsunejiro Tomita e Shinshiro Satake em uma viajem para iniciar o desenvolvimento da então recém criada modalidade, o Judô, nos E.U.A., a pedido do então presidente Theodore Roosevelt. É importante ressaltar que naquela época as técnicas do Judô eram, em sua maioria, as do Jiu-Jitsu.

Após realizar sua meta inicial, Maeda seguiu à Europa, por volta de 1908, aportando em vários países como Rússia, Alemanha, Itália, França, Inglaterra, Bélgica e Espanha.

Em 1913, Mitsuyo Maeda aportou em Santos (SP) e passou por várias cidades brasileiras, fixando-se em Belém (PA).

Sua academia possuía um Dojo de 16m2, construído em madeira e coberto de serragem, que fazia a função de tatami.

Dentre vários alunos um se destacou, Carlos Gracie, o homem que deu sequência aos ensinamentos de Maeda, tornando-se o "Patriarca do Jiu-Jitsu brasileiro". A dinastia Gracie iniciou-se com Carlos Gracie, quando em 1919 iniciou seus treinos. Carlos, por sua vez, ensinou a arte a seus irmãos Oswaldo, Gastão, George e Hélio Gracie, o caçula.

E foi Hélio Gracie que refinou ainda mais a arte. Desenvolveu técnicas que o permitiam lutar e vencer oponentes maiores e mais fortes, pelo motivo de ser fraco e franzino.

A família Gracie iniciou uma série de desafios por todo o país, no intuito de provar a eficiência do Jiu-Jitsu, uma arte acessível a qualquer pessoa, independente de força ou tamanho. Assim nasceu a Gracie Jiu-Jitsu, uma das mais completas e eficientes formas de auto-defesa existentes no mundo. Dentre as inúmeras técnicas existentes no Jiu-Jitsu, as mais comuns são: Quedas, estrangulamentos, torções, imobilizações e ataque às articulações através de alavancas.

Benefícios: O jiu-jitsu deixa as pessoas mais seguras e com auto-estima mais elevada ajudando o controle da mente e das emoções; aprendendo tambem disciplina, regras, desenvolvendo o físico e a coordenação motora, além de ser um paliativo para as tensões e ansiedades.

Qual o mérito ao bater em alguém indefeso?

Como em qualquer esporte, há sempre aqueles que não entendem a filosofia do mesmo e o usam de forma errada.

No Jiu-Jitsu não é diferente. Mas se o professor não concordar com este tipo de atitude, o aluno encrenqueiro não vai se sentir confortável em um ambiente pacífico e logo procurará outra academia que atenda aos seus anseios.

Instrutores

Professor Narcisio Villaça

Principais Títulos:

  • Campeão Mundial de jiu-jitsu 2006
  • Campeão Paulista 2006 (FPJJ)
  • Campeão Internacional 2005
  • Campeão 4ºGOLD TEAM TORNAMENTE 2005
  • Campeão Paulista 2005 (FPJJ)
  • Campeão do Circuito paulista 2005 (FPJJ)
  • Campeão 1°etapa melhores do Brasil,2005(FESP)
  • Campeão 2°etapa melhores do Brasil, 2005(FESP)

Faixas

As faixas amarela, laranja e verde são destinadas a atletas até 15 anos de idade, a azul é destinada a atletas com idade de 16 anos completos ou mais, e as demais, a partir dos 18 anos.

A faixa preta é dividida em professor e atleta, sendo subdivida, ainda, em seis diferentes graus. A faixa preta que for exclusivamente atleta, em plena atividade e tendo, nos últimos 36 meses, disputado todos os Campeonatos Brasileiros, poderá requerer o primeiro grau de faixa preta e até o 3° grau será observado o mesmo critério, sendo de 36 meses o período mínimo de permanência em cada graduação.

A faixa preta – atleta poderá alcançar a graduação de 3º grau e a faixa preta – professor poderá alcançar a graduação de 6º grau que poderá requerer o 4º, 5º e 6º graus, após comprovar o exercício do magistério pelo período de 5 anos em cada grau a partir do 3° grau e que a sua academia, no mesmo lapso de tempo, tenha disputado todas as competições em território brasileiro.

A faixa vermelha e preta será concedida ao faixa preta – professor que tenha exercido o magistério por 31 anos e o que exercer o magistério por 38 (trinta e oito) anos terá direito a receber o oitavo grau.

A faixa vermelha será concedida ao faixa vermelha e preta que tenha exercido o magistério por 48 anos.

Competição

Em breve...

Horários

Clique aqui para o quadro de horários completo.

Horário Segunda Terça Quarta Quinta Sexta
21:30 às 23:00 Jiu-Jitsu  Jiu-Jitsu  Jiu-Jitsu  Jiu-Jitsu   

Fotos