Fale conosco via MSN! Clique no botão ao lado!

Boxe

A história

Um dos esportes mais antigos do mundo, remontando à época dos Jogos Pan-Helênicos (776 A.C.), as Olimpíadas, realizadas quadrienalmente em Olímpia, Grécia. Denominado em seus primórdios de pugilato, os seus lutadores usavam mãos envoltas em correias de couro e tinham os corpos inteiramente nus.

Os vencedores dos confrontos ganhavam uma coroa de oliveira selvagem e grande prestígio em toda Grécia antiga.

Com o declínio dos Jogos Pan-Helênicos, o pugilato viveu um período obscuro .Na Idade Média muito pouco se conhece, mas no final da Idade Moderna, os combates pugilísticos que resultariam no boxe moder- no, começaram a surgir na Inglaterra.

Logo, era praticado pelos homens mais valentes das cidades européias e americanas que se digladiavam mostrando sua coragem, força e resistência física em troca de remuneração que poderia ser em moeda corrente ou mercadoria, esta última forma era a mais comum.

Não existia número máximo de rounds. Os lutadores utilizavam mãos nuas e os combates eram desprovidos de quaisquer regras. A violência era a tônica e a vitória era dada àquele que resistia em pé enquanto seu adversário estava prostrado no chão.

Entretanto, o nobre inglês Marquês de Queensberry, entusiasta do boxe, resolveu dar-lhe determinadas regras tornando-o mais justo, equilibrado e menos violento. Esta é a razão do boxe ter a alcunha de Nobre Arte.

O uso de luvas, divisão de pesos, limitação de rounds foram criados e então o boxe passou a ser considerado pelo mundo ocidental como um verdadeiro esporte. A primeira luta legalizada de boxe profissional ocorreu em 7 de fevereiro de 1882 nos Estados Unidos.

Em 1896, data dos primeiros Jogos Olímpicos do mundo moderno, o boxe foi incluído, tendo passado então a ser qualificado como Amador, surgindo assim o boxe amador com regras substancialmente diferentes daquelas do boxe profissional. No Brasil, surgiu o interesse pelo boxe em 1918, quando alguns marinheiros franceses fizeram algumas exibições em São Paulo. Estudiosos do boxe têm procurado ao longo dos anos inová-lo, tornando-o mais seguro para os seus praticantes, preservan emoção que é peculiar tanto ao boxe amador quanto ao profissional.

O húngaro Laszlo Papp e o cubano Teófilo Stevenson bateram o recorde olímpico em medalhas de ouro nesse esporte, respectivamente em 1948, 1952 e 1956, e 1972, 1976 e 1980.

Instrutores

Ricardo Máximo

Currículo:

Campeonatos que participou:

  • Bi-campeão do Predador Fight (MMA) - 2005/2006
  • Vice Campeão da Forja 2000
  • Campeão Paulista 2001

3 Anos de carreira.

Treinador: Antônio Carollo

  • Cinco Olímpiadas como treinador da Seleção Brasileira Olímpica.

Categorias

Cada boxeador amador é enquadrado em três categorias principais, divididas por sexo, idade e peso e essa classificação é que determina o sexo, idade e faixa de peso dos seus adversários, na medida em que é proibido um boxeador lutar com outro de categoria distinta.

Embora as instituições que regulamentam o boxe amador procurem adotar as categorias de idade e de peso, podem ocorrer particularidades regionais determinando pequenas variações de um órgão regulamentador para outro. Um exemplo importante dessa eventual não uniformidade ocorreu no início de 2002, quando a AIBA (Associação Internacional de Boxe Amador) decidiu reduzir as tradicionais 12 categorias de peso para 11. Alguns países não concordaram com isso e, em competições de nível nacional, continuaram usando 12 categorias. Posteriormente, a AIBA voltou atrás e o assunto será retomado em congresso mundial no final de 2002.

As categorias por idade seguem a seguinte ordem:
INFANTIL - 13 e 14 anos
CADETE - 15 e 16 anos
JUVENIL - 17 e 18 anos
ADULTOS - 19 a 34 anos

Internacionalmente, a categoria juvenil é chamada de categoria dos JUNIORES, e a dos adultos é chamada de categoria dos SENIORES. A idade sempre se refere a idade que o atleta "faz" no ano da competição. Por exemplo, um atleta que tinha 18 anos no dia 01 de janeiro deste ano e que faz aniversário em março, será enquadrado na categoria dos adultos até mesmo em competições realizadas em janeiro e fevereiro.

Nas categorias infantil e cadete é permitida uma única pesagem no dia da competição. Ou seja, se um atleta não conseguir se encaixar na faixa de peso pretendida, ele não pode "tirar o excesso de peso" e então voltar á balança naquele dia. Nessas categorias, a prática de "tirar o peso" é severamente punida: desclassificação do atleta e penalidades para seu treinador. Nos juvenís e adultos há uma tolerância de duas horas para o atletar "tirar o peso".

  • Até 48kg - Mosca Ligeiro
  • Até 51kg - Mosca
  • Até 54kg - Galo
  • Até 57kg - Pena
  • Até 60kg - Leve
  • Até 64kg - Meio Médio Ligeiro
  • Até 69kg - Meio Médio
  • Até 75kg - Médio
  • Até 81kg - Meio Pesado
  • Até 91kg - Pesado
  • Mais de 91kg - Super Pesado

Competição

Em breve...

Horários

Clique aqui para o quadro de horários completo.

Horário Segunda Terça Quarta Quinta Sexta
12:30 às 13:30   Boxe    Boxe   
18:30 às 19:30   Boxe    Boxe   
19:30 às 21:00   Boxe    Boxe   

Fotos